Ecoturismo em Botucatu

Localizada a 235 km de São Paulo, a cidade de Botucatu é uma região privilegiada pela beleza e a rusticidade das áreas verdes no interior paulista.

25/02/2014

Ecoturismo em Botucatu

 

Localizada a 235 km de São Paulo, a cidade de Botucatu é uma região privilegiada pela beleza e a rusticidade das áreas verdes no interior paulista.

Com um vasto ambiente natural, é conhecida pela famosa Cuesta de Botucatu – formação de relevo causado por erosões, com suave declive e paredões cujo  cume forma uma área plana.

Cercada pela Área de Proteção Ambiental  a região abriga inúmeros morros testemunhos – formação rochosa que se destaca isoladamente – como Morro do Bofete - popularmente conhecido como Gigante Deitado - Morro Grande, Morro do Pico Alto e Morro das Três Pedras.

Possui em suas terras o aquífero Guarani  – formação geológica com muita areia e pouca argila, características que facilitam a absorção das águas das chuvas que ficam confinadas em rochas a centenas de metros de profundidade. É considerado o segundo maior do mundo e com excelente padrão de água potável.

Com todas essas qualidades, Botucatu é um local propício para o lazer e a prática de esportes radicais. Os aventureiros e amantes de ação vivenciam experiências inesquecíveis em meio a essa natureza.

As atividades que podem ser desenvolvidas são:

- Escaladas - técnica desportiva cujo fim é atingir o cume de uma parede rochosa.

- Rapel - atividade vertical praticada com uso de cordas e equipamentos adequados para a descida de paredões e vãos livres.

- Off road ou jipe  - direção em carro com tração nas quatro rodas para terrenos de terra com obstáculos naturais como córregos, pedras e desníveis.

- Trilhas  e caminhadas - uma opção para quem quer praticar atividade física de baixo impacto e curtir o bem-estar do meio ambiente.

- Trekking - tipo de caminhada que exige do aventureiro muito fôlego, disposição, resistência e pernas fortes para percorrer longas trilhas e, muitas vezes, dormir em abrigos, mudando de lugar como um peregrino.

Uma dica bacana e com grande valor histórico para quem visita o local é conhecer o Caminho de Peabiru. O percurso é uma rota muito antiga, que foi utilizada para ligar a cidade de Cusco, no Peru, à antiga Capitania de São Vicente, em São Paulo. Parte da sua trilha está localizada na região de Botucatu.

Para quem faz o passeio pela área, pode observar o surpreendente “Gigante Adormecido”, uma formação de montes que se parece com o corpo de um homem deitado.

Outro atrativo é o Mirante as Três Pedras, formação rochosa, que pode ser avistada à beira de um penhasco. Segundo lendas da região, esse local é místico e por isso recebe pesquisadores e esotéricos.

Além das atividades terrestres, as cachoeiras são as atrações do verão. Com águas cristalinas, compõem o cenário perfeito para o lazer de amigos e família.

Confira algumas atrações abertas à visitação:

Cachoeira da Pedreira

Localizada na Rodovia Marechal Rondon (pavimentada). O acesso é feito por trilha em mata natural com dificuldade de nível máximo. Possui duas quedas, com 80m e 20m de altura.

Cachoeira da Indiana

Localizada na Estrada Indiana (não pavimentada), próxima à antiga Usina Indiana. O acesso é feito por trilha em mata natural com dificuldade de nível médio.
Possui 15m de altura com lagos para banho e escorregador natural.

Complexo Turístico Véu de Noiva

Acesso pela Rodovia Variante da Serra (asfaltada) e BTC-476 (não pavimentada).
Recursos naturais: Rio Pardo - represa e cascata (com queda 6m de altura), mata natural e de reflorestamento. 


Para quem estiver na região dos empreendimentos Ninho Verde Eco Residence, basta dar uma conferida no site da prefeitura  da cidade e curtir o privilégio natural da região.

 

leia mais:

O Caminho de Peabiru
O Caminho de Peabiru

O Caminho de Peabiru

O Caminho de Peabiru é uma rota muito antiga, que foi utilizada para ligar a cidade de Cusco - no Peru - à antiga Capitania de São Vicente - em São Paulo. Passando por grande parte do Estado de São Paulo, do Paraná e do litoral catarinense, penetrava no charco paraguaio, atravessava a Bolívia, a Cordilheira dos Andes e terminava no sul do Peru, onde encontrava com parte da costa do Pacífico.

19 de Julho de 2013

Festa do Peão de Itatinga
Festa do Peão de Itatinga

Festa do Peão de Itatinga

Começa hoje a tão esperada Festa do Peão de Itatinga. Sua 21ª edição deve atrair visitantes de toda a região, chegando a receber cerca de 20 mil pessoas por dia.

17 de Julho de 2013

Momentum
Voltar ao topo
SUCESSO 
 
texto
mensagem
texto