Áreas de Proteção Ambiental Botucatu, Tejupá e Corumbataí

17/09/2013

Áreas de Proteção Ambiental Botucatu, Tejupá e Corumbataí

 

Realçados por paisagens naturais magníficas, os empreendimentos da Momentum estão circundados pelas APAs - Áreas de Proteção Ambiental - Botucatu, Tejupá e Corumbataí.

Criadas em 1983 para proteger os atributos ambientais e paisagísticos como as Cuestas Basálticas, Cuestas de Botucatu , as áreas do aquífero Guarani e os morros testemunhos - vegetação de transição de Cerrado e da Mata Atlântica —, as áreas possuem, juntas, um total de 6.492 km2.

Localizadas desde as cabeceiras do Rio Mogi-Guaçu até a divisa do Estado de São Paulo com o Paraná, às margens do Rio Paranapanema, as áreas são divididas em três perímetros:

Botucatu

O mais conhecido, o perímetro Botucatu, destaca as formações de Cuestas que, além do seu valor paisagístico de grande beleza cênica, possui considerável importância ambiental, nascendo de suas encostas muitos rios e fontes hidrotermais.

Na região são encontrados inúmeros morros testemunhos - formação rochosa que se destaca isoladamente, como Morro do Bofete – popularmente conhecido como Gigante Deitado –, Morro Grande, Morro do Pico Alto e Morro das Três Pedras.
Acrescido do aquífero Guarani , é considerado o segundo maior do mundo e com excelente padrão de sua água potável.

Nesse perímetro encontra-se ainda um dos mais importantes sítios arqueológicos do Estado, o Abrigo Barandi, no município de Guareí, com registros pré-históricos com cerca de 6 mil anos.

Essa área abrange os municípios de Itatinga, Bofete, Botucatu, Avaré, Guareí, Porangaba, São Manuel, Angatuba e Pardinho.

Tejupá

O perímetro Tejupá está localizado na região da Serra da Fartura, na faixa das Cuestas Basálticas entre a Depressão Periférica e o Planalto Paulista. É envolvido pelos Rios Verde, Taquari e, com maior presença, o Paranapanema e suas duas represas, a Jurumirim e a Xavante, em sua porção paulista.

 Corumbataí

Esse perímetro possui uma área de 272.692 ha contendo parte do território de 15 municípios: Analândia, Barra Bonita, Brotas, Charqueada, Corumbataí, Dois Córregos, Ipeúna, Itirapira, Mineiros do Tietê, Rio Claro, Santa Maria da Serra, São Carlos, São Manuel (Ilha do Serrito), São Pedro e Torrinha.

A região é um centro do ecoturismo, conhecido pela paisagem exuberante. Apresenta inúmeras cachoeiras, resultantes dos desníveis abruptos do relevo, principalmente nos municípios de Brotas e São Pedro, destacando-se as atividades realizadas no Rio Jacaré-Pepira.

 

 

leia mais:

O Caminho de Peabiru
O Caminho de Peabiru

O Caminho de Peabiru

O Caminho de Peabiru é uma rota muito antiga, que foi utilizada para ligar a cidade de Cusco - no Peru - à antiga Capitania de São Vicente - em São Paulo. Passando por grande parte do Estado de São Paulo, do Paraná e do litoral catarinense, penetrava no charco paraguaio, atravessava a Bolívia, a Cordilheira dos Andes e terminava no sul do Peru, onde encontrava com parte da costa do Pacífico.

19 de Julho de 2013

Dicas para fazer uma ótima trilha
Dicas para fazer uma ótima trilha

Dicas para fazer uma ótima trilha

Para quem gosta de fazer caminhadas leves dentro dos empreendimentos, é possível encontrar campos e bosques com exuberantes paisagens para trilhas e passeios.

03 de Maio de 2013

Momentum
Voltar ao topo
SUCESSO 
 
texto
mensagem
texto