Plantas que filtram o ambiente

Vivemos cercados de produtos químicos sintéticos - em sua maioria, tóxicos - encontrados em alimentos, materiais de limpeza, materiais de higiene pessoal, dentre outros tantos objetos que tocamos. 

25/02/2015

Plantas que filtram o ambiente

Vivemos cercados de produtos químicos sintéticos - em sua maioria, tóxicos - encontrados em alimentos, materiais de limpeza, materiais de higiene pessoal, dentre outros tantos objetos que tocamos. 
 
Há diversos casos de pessoas que apresentam sintomas persistentes como alergia, irritação, dor de cabeça, entre outros, que não estão atrelados a doenças ou fatores pessoais de sensibilidade, e que melhoram assim que essas pessoas saem de um ambiente fechado; é a chamada Síndrome do Prédio ou da Casa Doente, síndrome reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
 
Isso acontece em locais com pouca renovação de ar, onde se cria um acúmulo de poluentes, causando problemas à respiração. 
 
Uma pesquisa realizada pela agência espacial americana NASA, em parceria com a ALCA (Associação dos Empreiteiros de Paisagismo dos Estados Unidos), tinha como objetivo encontrar uma forma de combater poluentes dentro das espaçonaves e descobriu diversas espécies de plantas com propriedades purificadoras para os ambientes.  
Essa excelente descoberta tornou-se, então, útil a todos para melhorar a qualidade do ar. 
 
Que tal colocar o estudo em prática e purificar o ar de sua casa?
 
Epipremnum aureum (jiboia): é poderosa contra o formaldeído, presente nos gases de escape de automóveis e no fumo. 
Essa planta de sombra pode ser usada em vasos, como pendente, em forração de jardins ou trepadeira.
 
Hedera helix (hera): é ótima para filtrar toxinas presentes no ar, como benzeno - liberado por tintas e pela fumaça de cigarro - e amônia, encontrada em alguns produtos de limpeza.
Essa planta de meia sombra e de rega moderada serve como forração; quando plantada em vasos fica pendente e quando perto de árvores, sobe como trepadeira. 
 
Chlorophytum comosum (clorofito ou paulistinha): é boa para combater o benzeno, o formaldeído - gás tóxico liberado pela madeira compensada, tecidos sintéticos, escape dos automóveis e pelo fumo - o monóxido de carbono  - liberado, por exemplo, por escapamento de veículos - e o xileno, comum em solventes e outros produtos químicos.
É muito utilizada como forração em canteiros e pode ser cultivada em vasos dentro de casa, em locais de boa luminosidade. 
 
Spathiphyllum spp (lírio-da-paz): é muito eficiente na eliminação dos três gases voláteis mais comuns - formaldeído, benzeno e tricloroetileno - que se inalados podem causar náusea, confusão mental até perda de memória – e também combate o tolueno.
Essa planta com flores brancas, de beleza rara, requer solo úmido mas não encharcado, para não apodrecer suas raízes. 


 
Chamaedorea sefritzii (palmeira-chameodorea-bambu): ideal para filtrar amônia. É uma palmeira de sombra, utilizada tanto em jardins quanto em vasos dentro de casa. 
 
Sansevieria trifasciata 'Laurentii' (espada-de-são-jorge): essa planta possui a capacidade de absorver formaldeídos. É muito usada em jardins e em vasos dentro de casa.
 
Philodendron bipinnatifidum (gaimbê): é boa para filtrar o tricloroetileno - solvente utilizado para retirar a gordura de peças metálicas ou para limpeza a seco de roupas - e o formaldeído. É uma planta ornamental de sombra ou meia sombra que, por ser muito grande, não comporta ser plantada em vasos.
 
Dracaena spp (dracena): é utilizada para remoção de tricloroetileno, xileno e formaldeído - substâncias que podem causar irritação nos olhos, nariz, garganta e pele.
Existem várias espécies de dracenas - algumas de sol, outras de sombra -, de fácil manutenção e regas periódicas. 
 
Chrysanthemum morifolium (crisântemo): essa planta colorida e ornamental é ótima para eliminar a benzina - poluente encontrado nas tintas, plástico, detergente, gasolina e pesticidas.
Muito usado em vasinhos que costumamos encontrar até em supermercados, o crisântemo gosta de pouca rega, se estiver em vasos dentro de casa, e de regas diárias quando exposto ao sol. 



 
Por Marisa Lima, paisagista.
 
Fonte das imagens: 
blogdapaisagista.blogspot.com 
davesgarden.com 
flores.culturamix.com 
floresplantasecultivos.blogspot.com 
maniadeverde.blogspot.com 
penseverdeja.blogspot.com 
silviaoliveira.com.br 
blogdamulher.biz 
gopixpic.com
laparola.com.br

leia mais:

Folhagens grandes para o paisagismo
Folhagens grandes para o paisagismo

Folhagens grandes para o paisagismo

Permita-se Viver traz dicas sobre espécies que podem ser usadas no jardim da sua casa de campo.

19 de Novembro de 2019

Casa do Lago é inaugurada na Riviera XIII
Casa do Lago é inaugurada na Riviera XIII

Casa do Lago é inaugurada na Riviera XIII

Com decoração rústica e comida típica caipira, o local resgata o ambiente de fazenda e é mais uma opção para quem aprecia o clima do interior.

27 de Abril de 2017

Momentum
Voltar ao topo
SUCESSO 
 
texto
mensagem
texto