O uso da proteção solar arquitetônica

Esse é um elemento arquitetônico permanente, que pode ser usado para suavizar o calor e a forte incidência de luz solar. Saiba como. 

12/11/2015

O uso da proteção solar arquitetônica

Em nosso país tropical, a influência da radiação solar sobre as edificações é muito grande. Assim, a proteção solar deve ser o ponto de partida para uma nova construção, visando 
suavizar o calor e a forte incidência da luz do sol.
 
Alguns recursos contribuem para conseguir o resultado desejado, como a construção de técnicas e elementos de ventilação natural cruzadas, que refrescam todos os espaços, criam conforto e minimizam ao máximo o uso do ar-condicionado.
 
A orientação adequada, o posicionamento e a área das janelas também são cuidados a serem observados nas edificações para contornar a radiação excessiva do sol.
 
Outra opção é a criação e uso de jardins verticais internos, que além de bonitos são ótimos recursos para amenizar o calor.  
 
Além dessas, uma ótima alternativa é a construção do brise-soleil, que é uma expressão francesa cuja tradução seria quebra-sol. Idealizado por Le Corbusier em meados do século XX, é um dispositivo construtivo usado para impedir a incidência solar no interior de construções, de forma a minimizar o calor. Atua no controle da temperatura, pois promove o sombreamento das superfícies por eles protegidas.
 
A concepção desse elemento é funcional, porém sua aplicação deve acompanhar o estilo do projeto. 
 
Ele pode ser classificado pelo seu tipo (horizontal, vertical ou combinado), pela mobilidade (móvel ou fixo), e pelo seu estilo arquitetônico.
 
Possui também outras funções como o controle de luminosidade, da visibilidade para e a partir do exterior e a ventilação da edificação.
 
Foi bastante utilizado pela arquitetura moderna brasileira justamente pela necessidade de proteção contra radiação solar e de controle da luz natural. Visto frequentemente nas  obras realizadas entre os anos de 1930 e 1960, o brise-soleil marcou a arquitetura moderna brasileira. 
 
 Confira algumas ideias para inspirar:
 

 

Por Bianca Duarte, arquiteta.
Fontes das imagens:

houzz.com
architectureanddesign.com.au
sanzpont.com
servicecentral.com.au

leia mais:

O conforto da chaise longue na decoração
O conforto da chaise longue na decoração

O conforto da chaise longue na decoração

Esse tipo de espreguiçadeira pode oferecer um toque contemporâneo e refinado à decoração e é uma alternativa confortável que pode substituir o sofá. 

09 de Fevereiro de 2017

Beliche: mais do que uma opção para quartos pequenos
Beliche: mais do que uma opção para quartos pequenos

Beliche: mais do que uma opção para quartos pequenos

Com muitas variedades de modelos, estilos, cores e tamanhos, esse tipo de cama pode se tornar a atração do quarto. Inspire-se com algumas ideias. 

01 de Setembro de 2016

Momentum
Voltar ao topo
SUCESSO 
 
texto
mensagem
texto