Momentum 45 anos: uma empresa feita para pessoas

No terceiro texto em comemoração ao aniversário da Momentum, vamos falar de um dos olhares que mostram os empreendimentos e de quem já realizou o sonho da casa de campo.

22/10/2020

Momentum 45 anos: uma empresa feita para pessoas

Você já viu aqui no Permita-se Viver que 45 anos é uma marca expressiva, alcançada por menos de 1% das empresas no Brasil. E além disso, também conferiu testemunhos que demonstram como as pessoas do time da Momentum trabalham para realizar o sonho de outras.

Agora, o blog apresenta o outro lado.

A primeira impressão

A primeira impressão é aquela que fica, né? Bom, nem sempre é assim. A segunda pode ser ainda melhor, mas sem tirar a importância daquela que chegou antes.

Boa parte das imagens dos empreendimentos da Momentum que são veiculadas nos materiais impressos e nos perfis oficiais nas redes sociais vem de uma pessoa com um olhar muito apurado para mostrar tudo o que os loteamentos oferecem.

O Ezequias Pedroso, de 37 anos, é o “fotógrafo da Momentum”, como ele diz ser conhecido na Estância Turística de Paranapanema, sua cidade natal e onde estão a Riviera de Santa Cristina XIII e o Terras de Sta. Cristina V. 

A relação dele com a Momentum começou há quase 8 anos, e desde então, ele mostra, através de suas lentes, imagens que buscam retratar o encantamento provocado com aquilo que se vê pessoalmente nos empreendimentos.

É muito louco imaginar que as minhas fotos despertam a curiosidade das famílias em conhecer os empreendimentos e verem que aquilo é real. É gratificante saber que faço parte disso, saber que o meu trabalho, em muitos casos, é a primeira impressão que essas pessoas têm”.

Mas lembra que a segunda impressão pode ser ainda melhor? Foi o que aconteceu com a Thalita Ferreira e a família dela, que adquiriram um lote no Santa Bárbara no último mês de setembro.

As fotos e os vídeos chamaram a atenção, além do que a corretora falou. Achamos (o empreendimento) bem bonito pelas fotos, mas antes de visitar ficou aquela dúvida se tudo é real mesmo. Mas vendo pessoalmente, é ainda mais bonito”, disse a proprietária.

A decisão da compra

Mas o que leva uma família a adquirir um ou mais lotes nos empreendimentos administrados pela Momentum?

A gente queria mais qualidade de vida, segurança e lazer. Estamos muito felizes e satisfeitos com o que encontramos aqui (no Santa Bárbara)”, pontuou a Thalita Ferreira.

Quando visitamos o Ninho Verde II, nos encantamos. Era mais do que estávamos procurando. Mais serenidade, natureza, tranquilidade e segurança. E ter a Momentum como administradora do loteamento nos tranquilizou, pois percebemos que isso garantiria nossa tranquilidade com a zeladoria”, explicou a Sandra Claro, proprietária de lote no Ninho II desde 2008, e que passou a quarentena durante a pandemia do coronavírus em sua casa de campo. “Me considero privilegiada por poder me isolar num lugar aberto, ensolarado, rodeada por árvores, pássaros, calma e tranquilidade durante a pandemia”.

Outras coisas também pesaram para o Wanderlei Wilhelms tomar a decisão de adquirir um lote na Riviera II, em 2019.

Trabalho no ramo da construção civil e tenho, inclusive, atuado nos empreendimentos da Momentum há alguns anos. São locais agradáveis, onde a gente se sente bem. Sempre sou muito bem atendido, do segurança ao gerente, passando pelo SAC. Isso me motivou a também adquirir um lote e construir minha própria casa para lazer”, falou.

Impacto na sociedade

Além de prestar serviços de fotografia para a Momentum, o Ezequias também faz outros tipos de cobertura. E por conhecer muito bem a região de Paranapanema, ele afirma que o impacto da empresa vai além do sonho de seus proprietários.

O comércio em geral só teve a ganhar. Supermercados, lanchonetes, lojas de materiais de construção, hotéis... Sem falar dos empregos que foram e são gerados. Eu mesmo passei a fechar outros trabalhos por conta do que faço para a Momentum, até mesmo para clientes dos loteamentos que tomam conhecimento por meio do que é divulgado pela empresa. Sem sombra de dúvidas, os empreendimentos fazem a diferença aqui no município e já viraram cartão postal aqui da cidade”, explicou o fotógrafo.

Em 45 anos, muita coisa pode ter mudado, e nos próximos, provavelmente muitas outras mudarão. Mas a equipe do Permita-se Viver acredita que a Momentum estará lá, fazendo parte da história de muitas outras famílias, direta ou indiretamente.
 

leia mais:

Momentum
Voltar ao topo
SUCESSO 
 
texto
mensagem
texto