Esportes náuticos: um diferencial no interior paulista

Para quem gosta de adrenalina, esportes náuticos são repletos de ação e emoção, seja para diversão ou mesmo para a prática esportiva. A Represa de Jurumirim é o cenário perfeito.

09/01/2013

Esportes náuticos: um diferencial no interior paulista

Como diria o poeta e escritor português Fernando Pessoa, “navegar é preciso”.

Para quem gosta de adrenalina, os esportes náuticos são repletos de ação e emoção, seja para diversão, seja para a prática esportiva.

Os sete loteamentos do Terras de Sta. Cristina estão às margens da Represa de Jurumirim, com seus 300 km de água doce - um local perfeito para a prática de esporte e uma referência em lazer no interior paulista.

De acordo com a Associação Brasileira de Wakeboard, em águas mais calmas, os passeios de lancha, vela e wakeboard são modalidades que vêm atraindo grupos de entusiastas de variadas idades.

Além dos agradáveis passeios de lancha, saiba mais sobre as modalidades que podem ser ideais para a prática na Represa de Jurumirim:

Windsurf

Esporte de água de superfície, a técnica radical combina o surf com vela. O equipamento utilizado é uma prancha com uma vela fixada em um mastro móvel. O windsurfer tem de se mover com as ondas para controlar a placa e ao mesmo tempo administrar a vela de acordo com os ventos.

Pesca

Entre todos os esportes, a pesca é a que envolve menos adrenalina, mas não deixa de ser emocionante e relaxante. Existem diferentes tipos de pesca desportiva, e a de lazer é a mais comum em águas mais calmas.

Wakeboarding 

Perfeito para águas calmas, o wakeboard é um esporte emocionante e está se tornando cada vez mais popular no Brasil. Segundo o portal de Curiosidades sobre esportes do UOL, o praticante fica em pé sobre uma pequena prancha e uma lancha o puxa.

O passeio é emocionante e de tirar o fôlego. É preciso agarrar firmemente o bastão ao final da corda e seguir a marola da lancha.

Jet ski 

Veículo aquático que proporciona altas doses de adrenalina, o jet ski se move por um mecanismo a jato para criar uma poderosa corrente de água. Para quem gosta de velocidade, é possível fazer algumas manobras, como o submarino, 180 graus e o chafariz.

Também as manobras de 180 graus e 360 graus com o piloto sentado em cima da tampa do jet ski. Saiba mais sobre as manobras mais usadas.

Esqui aquático 

Assim como o wakeboarding, é um esporte de tirar o fôlego. Puxado por uma lancha ou barco, o esquiador pode escolher, para apoio nos pés, entre um tradicional par de esquis, um esqui de truques (banana), uma prancha de wakeboard, de joelho (kneeboard) ou nem usar esquis, apenas as solas dos próprios pés.

De acordo com a Confederação Brasileira de Esqui Aquático (CBEA), no início dos anos 40 e 50, quando o esporte veio dos EUA para o Brasil, a velocidade dos barcos que puxavam os atletas no esporte evoluiu muito desde sua criação. No começo, as embarcações alcançavam cerca de 50 km/h. Atualmente, as lanchas chegam a 230 km/h.

---

Foto: Shutterstock

leia mais:

O velejo do windsurf
O velejo do windsurf

O velejo do windsurf

Com a chegada dos dias quentes uma dica bacana é praticar o windsurf na Represa Jurumirim.

27 de Novembro de 2013

Dicas para o fim de semana na Momentum
Dicas para o fim de semana na Momentum

Dicas para o fim de semana na Momentum

Chegando o fim de semana, nada melhor do que esquecer o estresse do trabalho e as atividades corriqueiras para se dedicar ao lazer. Por isso, juntamos aqui algumas dicas para você aproveitar cada minuto do seu sábado e domingo no seu empreendimento preferido!

04 de Outubro de 2013

Momentum
Voltar ao topo
SUCESSO 
 
texto
mensagem
texto