Jardim para pets: Saúde e bem-estar para o seu bichinho de estimação

Área verde destinada aos animaizinhos traz mais conforto e é opção saudável para brincadeiras.

19/07/2017

Jardim para pets: Saúde e bem-estar para o seu bichinho de estimação

Quem tem um bichinho de estimação sabe o quanto ele é importante para a família, muitas vezes sendo considerado um filho. Por isso, prezar pela saúde e bem-estar dele é indispensável, mas a ideia de liberdade acaba sendo prejudicada pelo pouco espaço disponível na maioria das residências.
 
Porém, com a extensa área verde preservada nos empreendimentos da Momentum, tudo pode ficar mais fácil. Na verdade, é ideal que os bichinhos tenham um espaço com bastante natureza para se divertir. E uma opção pode ser um jardim para que eles possam brincar. Para isso, é essencial seguir algumas dicas para garantir que os pets aproveitem o espaço ao máximo e não tenham risco de acabarem se intoxicando com algo perigoso.
 
O primeiro passo é falar com o paisagista responsável pelo projeto para evitar plantas tóxicas, venenosas ou com espinhos como espirradeira, comigo ninguém pode, alamanda, azaléia, coroa de cristo, asparagus, copo de leite, bico de papagaio, entre outras. Peça para que ele opte por espécies que não agridam seus bichinhos. Pense também em deixar alguns brinquedos naquela área para que haja uma rápida identificação por parte deles.
 
Pode parecer um pouco óbvio, mas vale lembrar: não esqueça de um gramado bem cuidado para que eles possam correr. Evite pedriscos. Eles podem incomodar as patas dos bichinhos, que são bem mais sensíveis do que os pés humanos. Argila expandida pode ser confundida com alimento e, desta forma, levar riscos à saúde. Não use!
 
Lembre-se de reservar um espaço com sombra para colocar a casinha, a água e a ração.
 
A maioria das espécies tem o hábito de roer, então você pode optar por árvores e arbustos com troncos lenhosos para este fim sem que eles acabem danificando o jardim. Outra ideia para formar uma barreira para evitar que os animaizinhos danifiquem o espaço é a colocação de seixos grandes na frente. O desconforto ao pisar impedirá que eles cheguem à área determinada. No caso de filhotes, é ideal haver um acompanhamento para educá-los.
 
Voltando a falar de plantas, a hortelã é uma grande aliada da saúde animal. Ela é um bom remédio para a cólica dos pets, então plante algumas mudas em local ensolarado.
 
Jamais utilize agrotóxicos! Eles podem ser fatais para o seu cachorro ou gato. Caso haja alguma infestação de pragas, pulverize a área com fumo de rolo, que não é tóxico. A mesma cautela é válida para a adubação dos canteiros. Use sempre adubos orgânicos como esterco curtido ou húmus de minhoca misturados na terra. Mas atenção: a torta de mamona, mesmo sendo orgânica, é prejudicial à saúde deles.
 
Cuide sempre do seu pet com muito amor e carinho.
 
Por Marisa Lima, paisagista.
 

leia mais:

Momentum
Voltar ao topo
SUCESSO 
 
texto
mensagem
texto